in

Neymar tem preço: a última hora que arrasa em Barcelona e Madrid

O Paris Saint-Germain está preparado para perder Neymar, mas não por qualquer preço. Então, quem quiser levar Neymar de Paris terá que pagar uma quantia exorbitante de dinheiro por um jogador que, nesse momento, está em declínio tem já alguns meses, se encontrando anos-luz de sua melhor versão. A carreira do brasileiro vem sendo perseguida por lesões e também por alguns escândalos extra-esportivos.

Publicidade

PSG não recua com Neymar

Embora o brasileiro esteja apertando a corda e fazendo todo o possível para se libertar do PSG, no Parque dos Príncipes eles continuam inflexíveis. Eles não vão reduzir nem um euro no preço de Neymar e esperam receber mais do que investiram dois anos atrás, quando pagaram 222 milhões de euros. para o levar de Barcelona.

Inicialmente, se falou que o PSG não iria baixar nem um euros nos 300 milhões pedidos. Porém, com todo o conflito que vem sendo levantado pelo próprio jogador nos últimos dias, o time poderia até ter algum interesse em libertar Neymar.

Publicidade

Então, os franceses poderiam vender por um pouco mais de 250 milhões de euros, ainda assim, um valor muito elevado e até impossível para a maior parte dos grandes times europeus.

Publicidade

PSG pode aceitar jogadores na troca por Neymar

Porém, não só o valor parece proibitivo para grande parte dos times, como o PSG estaria dificultando mais ainda para os pretendentes reais. Portanto, de acordo com o site Don Balón, Barcelona, Real Madrid ou Manchester United teriam visto negada a possibilidade de incluir jogadores como moeda de troca para reduzir o custo. Aparentemente, a diretiva francesa só quer o dinheiro, para equilibrar contas e avançar por jogadores de nível superior.

Publicidade

Um golpe importante contra o Barcelona que tem o brasileiro na lista de prioridades, e planejava oferecer Ivan Rakitic, Philippe Coutinho, Nelson Semedo ou Ousmane Dembélé em uma troca. Agora, a única esperança do Barça seria conseguir vender esses jogadores, reunir os 250 milhões de euros e depois fazer uma proposta por Neymar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade