in

PSG faz ‘promoção’ de Neymar, abaixa preço para vender atacante e surpreende

Reprodução: CBF

O Paris Saint-Germain espera negociar o atacante brasileiro Neymar. Nesta segunda-feira (29), o jornal catalão Sport divulgou que os franceses teriam abaixado o preço de venda do craque da seleção brasileira.

Publicidade

Inicialmente, o PSG pediu 300 milhões de euros para liberar Neymar. Este valor é equivalente a R$ 1,2 bilhão. Agora, após fazer uma promoção, o clube aceita vender seu camisa 10 por 180 milhões de euros (R$ 757 milhões na cotação atual).

Diante dessa promoção, a direção do Paris Saint-Germain espera conversas com representantes do Barcelona para tentar acertar a venda de Neymar para a sua ex-equipe.

Publicidade

PSG não quer trocar Neymar por outros jogadores

A primeira proposta do Barcelona que chegou ao PSG envolvia Rakitic, Philippe Coutinho e mais 40 milhões de euros. O problema é que o clube francês não quer envolver outros jogadores na venda de Neymar. O interesse dos dirigentes do PSG é um só: dinheiro.

Publicidade

Se o Barcelona quiser contar com o jogador brasileiro novamente, terá que colocar a mão no bolso e pagar o valor pedido pelo PSG. Caso contrário, não será agora que Neymar retornará ao clube espanhol. 

Publicidade

Neymar tem futuro indefinido 

A imprensa espanhola, por meio do diário Mundo Deportivo, divulgou a informação de que Neymar e seu staff estão preocupados com o futuro indefinido do jogador.

Na fase final do tratamento da lesão no tornozelo que sofreu em amistoso da seleção brasileira antes da Copa América, Neymar treina separado do grupo na China, onde o PSG faz pré-temporada. Nesta terça, os franceses enfrentam o Sydney FC, da Austrália, sem o craque brasileiro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!