in

Diego Alves solta o verbo após classificação do Flamengo na Libertadores

O Flamengo eliminou o Emelec na Copa Libertadores da América, respira mais aliviado e agora terá dias mais tranquilos para o treinador português, Jorge Jesus, ajustar a equipe e para o retorno de jogadores lesionados.

Publicidade

Após a eliminação na Copa do Brasil para o Athletico-PR e a derrota por 2 a 0 para o Emelec no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, o time rubro-negro vivia uma pressão enorme para passar de fase.

Vitória nos pênaltis

A vitória veio nos pênaltis, mas foi o suficiente para fazer a torcida feliz e retomar a confiança para o restante da temporada.  Com o Maracanã lotado e a torcida apoiando a todo momento, o Flamengo venceu o Emelec no tempo normal e garantiu a classificação nos pênaltis. Na disputa, melhor para o time carioca, que venceu por 4 a 2.

Publicidade

Diego Alves foi responsável direto pela classificação rubro-negra, o goleiro pegou a terceira cobrança do Emelec, deixando o Flamengo com a vantagem. O goleiro da equipe carioca vinha recebendo algumas críticas devido há alguns gols que o Flamengo levou nos últimos jogos, sendo considerado culpado por grande parte dos flamenguistas.

Publicidade

Desabafo de Diego Alves

Diego Alves desabafou após a classificação na Libertadores: “Contra o Botafogo, não foi um bom jogo. Somos seres humanos, somos feitos de erros e acertos. Infelizmente, cometi um erro, mas o time conseguiu ganhar. Mas eu sou um jogador rodado, tenho a cabeça boa. Independente da crítica ou do momento, ver eles (torcedores) comemorando. O Zinho sabe da dificuldade e da pressão que é vestir essa camisa. Então, a gente fica feliz de passar de fase e ver eles comemorando”.

Publicidade

O Flamengo terá um adversário brasileiro nas quartas de final da Libertadores, o duelo será contra o Internacional, de Porto Alegre. A primeira partida está marcada para o dia 21 de agosto, no Maracanã. O jogo de volta será dia 28 de agosto, no Beira-Rio.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Fernando Goulart

Sou estudante de Direito e um apaixonado por escrever.