in

Abel Braga alfineta Flamengo em dia de jogo decisivo contra o Inter pela Libertadores

O último trabalho de Abel Braga no futebol foi à frente do Flamengo. O treinador pediu demissão da equipe em maio deste ano e um dos motivos era a falta de clima para que ele continuasse, após cobranças da torcida.

Publicidade

Abelão deixou o clube com o título do Campeonato Carioca e também da Flórida Cup deste ano. As conquistas não foram suficientes para mantê-lo com tranquilidade no cargo.

Nesta quarta-feira (21), sob o comando de Jorge Jesus, o Flamengo encara o Inter pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa Libertadores da América, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Abelão alfineta Flamengo em entrevista

Abel Braga concedeu entrevista ao site GaúchaZH e declarou que torcerá para o Iner no confronto desta noite. Segundo o treinador, o clube carioca ficou para trás. Abelão comentou o elogio que fez ao Beira Rio quando ainda treinava o Flamengo. A frase repercutiu e ele foi criticado por rubro-negros.

Publicidade

“Tu viu o que deu quando eu falei que o Beira-Rio era o mais bonito?”, comentou bel, recordando a polêmica. “Aqui eu sempre me senti em casa e muito apoiado”, afirmou o treinador.

Publicidade

Ao falar sobre o apoio recebido no Inter, Abel pode ter dado uma alfinetada no Flamengo. Ele deixou o clube reclamando das diferenças com a cúpula de futebol do rubro-negro.

Abel Braga está feliz com o Inter

O treinador, que no momento está desempregado, afirmou que está feliz com o Inter e elogiou alguns pontos da equipe, como segurança, jogo coletivo e muito bem dirigido. “Inter está no meu coração. E a torcida minha é até morrer. E isso causa ciúmes”, afirmou Abelão na entrevista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!