in

Craque do Fluminense perto de grande italiano

Com o mercado de transferências quase fechando na Europa, esse é o momento em que os times tentam tomar suas últimas decisões. Depois de segunda-feira, dia 2 de setembro, não tem mais chance e eles vão ter que fechar seus elencos, até nova reabertura de mercado, em janeiro de 2020. Na Itália, o nível parece estar se elevando cada vez mais e a Fiorentina seria um dos times mais movimentados nesse final de mercado. Eles querem novos reforços e parece que vão apostar no mercado brasileiro.

Publicidade

Fiorentina tem interesse em Pedro

Depois de conseguirem a contratação de um nome galáctico, como Franck Ribéry, o time ‘viola‘ quer acrescentar mais qualidade ainda entre seus jogadores. Nos últimos dias se falou muito no nome de Raphinha, o ala brasileiro que está atuando no Sporting, de Portugal. Porém, a Fiorentina estaria em dificuldades para negociar o craque, quando surge um novo alvo.

De acordo com o jornal A Bola, a Fiorentina vai tentar a contratação de Pedro, o centro-avante do Fluminense, que está chamando as atenções de vários times na Europa. O interesse no jogador brasileiro, de 22 anos de idade, foi mesmo confirmado por Giancarlo Antognoni, diretor esportivo do time italiano.

Publicidade

“Nós gostamos muito do Pedro”, começou por falar o diretor esportivo italiano, antes de revelar que os custos da operação estariam dificultando tudo. A Fiorentina tem interesse, resta saber se eles vão ter o dinheiro suficiente para levar o craque brasileiro do Fluminense.

Publicidade

Publicidade

Pedro é uma promessa do Fluminense

Pedro é uma das maiores promessas do futebol brasileiro e ele tem já algum tempo jogando no alto nível, apesar de ser ainda bem jovem. Vem participando também nas seleções mais jovens e é um centro-avante alto e forte, o que dá uma outra capacidade para qualquer time. O jogador pode marcar diferenças, mas o Fluminense também não estaria tão interessado assim em vender seu craque.

O jogador tem contrato com o brasileiro até julho de 2021, e uma multa rescisória de 50 milhões de euros, um valor que a Fiorentina estaria considerando impossível de pagar. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade