in

Chamada de Neymar a Messi que muda tudo

Depois de tanta emoção e rebelião de Neymar para sair, o final da história pode ser inesperado e decepcionante ao mesmo tempo. O brasileiro desde que sofreu uma lesão e perdeu a Copa América em seu país, estaria tentando sair do PSG para o Barcelona. Inicialmente, os catalães tentaram escapar do assunto, mas mais perto do final desse mercado, eles acabaram assumindo que estavam realmente tentando a contratação do brasileiro, dois anos após a saída do craque para Paris.

Publicidade

O primeiro grande passo para essa negociação foi quando o PSG concordou em negociar com o Barça, já que os problemas do passado ainda estavam no ar. Os dois times não estavam se dando bem desde a saída de Neymar para Paris, contra a vontade dos catalães, mas eles acabaram aceitando se sentar para negociar.

Publicidade

Neymar já falou com Messi

Aparentemente, o progresso nas negociações foi interrompido pelas exigências desproporcionais dos franceses. E Neymar teria falado com Messi, com quem ele mantém uma grande amizade, apesar da distância, e lhe disse que ele vai ficar pelo menos até janeiro no PSG, de acordo com o site Don Balón. Os dois jogadores, mesmo após se separarem, continuam se falando por telefone.

Publicidade

Ainda de acordo com o site Don Balón, Neymar teria falado para Messi que as negociações não iriam terminar como eles mais queriam, porque o Barcelona não teria feito todos os possíveis para levar o craque de regresso para o Camp Nou. A notícia poderia irritar Messi, porque ao que parece, o argentino queria mesmo o regresso de seu amigo Neymar no Barça.

Publicidade

Barça teria tentado juntar jogadores na operação por Neymar

De acordo com a mídia francesa, o Barcelona tentou incluir até vários jogadores na operação, para levar Neymar de volta para o Camp Nou, mas os franceses consideraram sempre as propostas insuficientes, ficando longe de um acordo.

Leonardo, o diretor esportivo do PSG, já deixou saber que muito dificilmente o craque vai deixar Paris nesse mercado. “A primeira proposta escrita do Barça foi em 27 de agosto. Estávamos abertos a conversar sobre jogadores, mas não havia aceitação de nossas condições”, revelou Leonardo, quase fechando uma porta de saída para Neymar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade