in

Flamengo: dinheiro da venda de Cuéllar vai ser usado para comprar Gabigol

A diretoria do Flamengo já sabe o que vai fazer com os cerca de R$ 34,3 milhões que vai receber pela venda do volante Cuéllar para o Al Hilal. A decisão da direção rubro-negra deixará a torcida feliz da vida. 

Publicidade

De acordo com o UOL Esporte, o Flamengo investirá o dinheiro na tentativa de contratar em definitivo o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol. Com 28 gols em 38 partidas no ano, o atacante interessa muito à direção, comissão técnica e torcedores.

O contrato de Gabigol com o Flamengo vence no final do ano. O jogador pertence à Inter de Milão. Com o clube italiano, ele tem contrato até junho de 2021. Tudo indica que a Inter não vai emprestá-lo novamente. Neste caso, ou o Flamengo contrataria em definitivo ou ele retornaria ao futebol italiano.

Publicidade

Inter pede mais de R$ 80 milhões por Gabigol

Os R$ 34,2 milhões que o Flamengo vai receber com a venda de Cuéllar ajudariam bastante no negócio envolvendo Gabibol. Descontando este valor, o Fla precisaria ainda de mais R$ 47,7 milhões para contratar o atacante em definitivo.

Publicidade

Conseguir esse dinheiro não é fácil, mas o Flamengo pode montar uma operação para alcançar o montante. Além disso, com dinheiro em mãos, pode negociar um desconto com a Inter de Milão ou parcelar parte do valor.

Publicidade

Gabigol caiu nas graças da torcida do Flamengo

Com o Flamengo na semifinal da Libertadores e liderando o Campeonato Brasileiro, os jogadores vivem lua de mel com a torcida. O quarteto Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol caíram nas graças dos rubro-negros.

A dúvida agora é se o quarteto estará completo em 2020 ou se perderá uma peça importante.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!