in

Libertadores: como pagar meia-entrada para assistir Flamengo x Grêmio sem ser estudante ou sócio

Flamengo e Grêmio fazem um duelo decisivo pela semifinal da Copa Libertadores da América. No dia 2 de outubro, as equipes se enfrentam na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. No dia 23, a volta acontece no Estádio do Maracanã.

Publicidade

As duas partidas prometem parar o Brasil e movimentar os apaixonados por futebol, especialmente os torcedores das duas equipes. No momento, há grande ansiedade entre os flamenguistas sobre a abertura das vendas dos ingressos para o jogo decisivo.

Os sócios-torcedores do Mengão terão prioridade nas vendas. Os sócios e os estudantes pagam meia-entrada, mas é possível pagar meia mesmo sem estar enquadrado em um desses dois públicos.

Publicidade

Como pagar meia-entrada no Maracanã para assistir Flamengo x Grêmio

O jogo que pode garantir o Flamengo na final da Libertadores pela primeira vez desde 1981 é visto como um dos mais importantes da história recente do rubro-negro; e tem mexido com os torcedores. Por isso, ninguém quer ficar fora desse momento único. No Maracanã, é possível pagar meia-entrada se você tiver até 21 anos. Mesmo que não seja estudante, tendo até essa idade é possível pagar apenas a metade do valor do ingresso.

Publicidade

Lei do Rio de Janeiro possibilita meia-entrada

De acordo com a Lei Estadual nº 3.364/2000, pessoas com até 21 anos pagam meia-entrada. Para isso, basta apresentar RG ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) comprovando a idade.

Publicidade

O benefício não pode ser adquirido por terceiros. Ou seja, quem se enquadra na lei e tem direito à meia-entrada deve ir até os pontos de venda ou pela internet e adquirir o bilhete pela metade do preço.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!