in

Após tropeço para o Goiás, Cuca não é mais técnico do São Paulo

Fim da linha. Após o tropeço para o Goiás em pleno Morumbi na última quarta-feira (25), o técnico Cuca não comanda mais o São Paulo. A decisão partiu do treinador, que optou entregar o cargo. Com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, ele deixa a equipe paulista com 47,4% de aproveitamento em 26 jogos disputados (9V, 10E e 7D).

Publicidade

Com a saída do técnico, Vagner Mancini deve assumir a equipe de forma interina. Vale lembrar que antes da chegada de Cuca, ele estava na função.

Sexto colocado do Brasileirão, com 35 pontos, o São Paulo perdeu o gás após emplacar uma série importante de triunfos. Nos últimos 18 pontos disputados, o time do Morumbi faturou apenas cinco. Foram três derrotas (Goiás, Internacional e Vasco), dois empates (Grêmio e CSA) e somente um triunfo (Botafogo). Além disso, as atuações dentro das quatro linhas não vinham agradando, fato que amplificou as cobranças.

Publicidade

Após o revés contra o Goiás, Cuca e foi sincero e disse não estar seguro no comando do São Paulo em função da sequência de tropeços.

Publicidade

“Se você está em um time grande e não consegue ter um aproveitamento bom, você não se sente seguro”, disse Cuca. “Não me sinto confortável, queria estar disputando o título. Quando acontece um revés assim, lógico que não me sinto confortável, assim como a diretoria não deve se sentir confortável. Mas, temos que ter confiança de que vamos conseguir reverter”. – afirmou o treinador.

Publicidade

Agenda Tricolor

Ainda vivo na luta por uma vaga na Libertadores, o Tricolor tem um importante desafio para alavancar uma remontada no Brasileirão. No próximo sábado (28), a equipe do Morumbi visita o líder Flamengo, no Maracanã.

Para o duelo, o time paulista não poderá contar com Toró (sentiu lesão na coxa esquerda) e Alexandre Pato (estiramento na coxa direita). Suspenso no embate contra o Goiás, Hernanes fica à disposição e deve retomar a titularidade.

Publicidade
Publicidade
Publicidade