in

Torcida do Cruzeiro escolhe lado, apoia técnico Rogério Ceni e pede saída de Thiago Neves

O Cruzeiro visitou o Ceará nesta última quarta-feira, 25 de setembro, em partida válida por rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto aconteceu na Arena Castelão e terminou com empate ruim para ambas as equipes na competição.

Publicidade

Problemas no vestiário

Rogério Ceni sempre foi conhecido por ter uma forte personalidade e exercer grande liderança no elenco do São Paulo em seu período como jogador de futebol. Agora como técnico, o comandante encontra dificuldades diante de atletas experientes no Cruzeiro.

Após o empate contra o Ceará, no compromisso mais recente da raposa, o comandante teria enfrentado mais uma complicada situação no vestiário. O zagueiro Dedé, um dos líderes do elenco, teria pedido a palavra para questionar a ausência de Thiago Neves na partida.

Publicidade

Vale lembrar que, desde a chegada de Rogério Ceni, Thiago Neves deixou de ser uma prioridade no time titular do Cruzeiro e perde cada vez mais espaço com suas atuações abaixo das expectativas.

Publicidade

Desembarque do Cruzeiro

Diversos veículos da imprensa nacional especularam a possível saída do técnico Rogério Ceni do Cruzeiro. A informação seria de que uma reunião estaria marcada para selar a demissão do atual treinador e apenas a multa rescisória estaria impedindo o anúncio.

Publicidade

No desembarque do Cruzeiro no Aeroporto de Confins, um grupo de torcedores se dirigiu ao local e demonstraram ter escolhido um lado na disputa entre Rogério Ceni e o meia-atacante Thiago Neves.

A torcida celeste emitiu gritos de apoio à favor da permanência do comandante. Já sobre o meio campista Thiago Neves, os gritos foram pedindo a saída do jogador do elenco da equipe mineira. O vice de futebol, Itair Machado, também foi alvo dos protestos dos torcedores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade