in

Jorge Jesus detona antijogo do São Paulo: ‘Me senti na Arábia Saudita’

A série de vitórias do Flamengo foi interrompida pelo São Paulo no último sábado (28), no Maracanã. Vindo de oito triunfos consecutivos no Brasileirão, o time carioca acabou não superando o ferrolho defensivo dos paulistas e perdeu pontos pela primeira vez em casa na competição.

Publicidade

Logo após o empate sem gols, o técnico Jorge Jesus negou que o fato de poupar alguns atletas visando o embate pela Libertadores foi determinante para o resultado diante do Tricolor, pelo contrário, o comandante rubro-negro aproveitou para criticar a postura da equipe de Fernando Diniz, classificando que os visitantes praticaram o “antijogo”.

– O São Paulo tem grandes jogadores e não precisa fazer tanto antijogo, e o árbitro foi conivente. Parar o jogo porque estão com câimbras musculares? Me senti na Arábia Saudita. Lá que os jogadores se atiravam no chão. Parecia que estava na Arábia Saudita. Se for uma lesão, tudo bem. Mas câimbras não é para paralisar o jogo. O São Paulo foi uma vez até nossa baliza e até criou chance. Atuou uma partida para não perder. – enfatizou Jorge Jesus.

Publicidade

Agenda

Após o empate sem gols diante do São Paulo, o Flamengo volta suas atenções para o embate decisivo pela semifinal da Copa Libertadores. Na próxima quarta-feira (2), às 21h30, o time da Gávea visita o Grêmio, em Porto Alegre, no anseio de conquistar um bom resultado para o duelo de volta.

Publicidade

Pelo Brasileirão, a equipe rubro-negra entra em ação no domingo (6), às 11h (de Brasília), quando encara a Chapecoense, na Arena Condá, pela 23ª rodada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade