in

Corinthians: Andrés mantém Carille no cargo e manda duro recado aos jogadores

O Corinthians visitou o CSA, em Alagoas, e acabou derrotado por 2 a 1, em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. A derrota caiu como uma bomba na equipe do Parque São Jorge.

Publicidade

Após a partida, o treinador Fábio Carille não concedeu entrevista coletiva pela primeira vez após uma derrota. O presidente do clube, Andrés Sanchez, foi quem falou com os jornalistas.

A informação oficial é a de que Carille não quis falar, mas há quem diga que foi Andrés quem assumiu a responsabilidade e impediu o treinador de conversar com os jornalistas.

Publicidade

Andrés garante permanência de Carille

Andrés Sanchez iniciou a coletiva dizendo que Carille tem contrato com o Corinthians até o final do ano que vem, dando a entender que o treinador está garantido até lá.

Publicidade

O presidente do clube já havia falado sobre a permanência de Carille em outras oportunidades. Ou seja, o treinador tem pelo menos mais nove jogos à frente do Corinthians em 2019 e toda a temporada de 2020.

Publicidade

Presidente detona jogadores

Andrés não poupou críticas aos jogadores. Ele afirmou que o treinador e o presidente têm culpa, mas afirmou que os jogadores também. “Hoje está ruim todo mundo, principalmente os jogadores”, disse Andrés.

Ele ainda citou que há jogadores que estão querendo sair de férias. “Quem quer sair de férias que já avise, vai receber normal”, comentou Andrés. O presidente foi claro ao afirmar que os jogadores têm culpa.

Andrés disse ainda que o time precisa lutar, reagir e que o momento vivido pelo Corinthians incomoda e pediu aos jogadores que se doem um pouco mais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!