in

José Mourinho arma nova bronca com Pep Guardiola

Anfield Road recebeu uma partida intensa, na tarde desse domingo (10). Liverpool e Manchester City se enfrentaram em um jogo bem importante. Apesar da temporada ainda estar bem no início, são duas das melhores equipes do mundo e uma vitória já conta e muito para a classificação. Então, com essa vitória, o Liverpool abriu para nove pontos a distância sobre o Manchester City.

Publicidade

Guardiola mais nervoso

Campeão nos últimos dois anos, o City está realmente em dificuldade nessa Premier League. Claro que tem ainda muitas partidas em sua frente e outras competições, mas as coisas não estão fáceis para Pep Guardiola

O treinador catalão contestou muito o trabalho do time de arbitragem e do VAR, reclamando alguns lances que, em sua opinião, estariam prejudicando seu time. No final da partida, Guardiola foi cumprimentar os árbitros, mas parecia estar falando um ‘Muito obrigado’, com um tom de ironia, visivelmente irritado. 

Publicidade

Certo é que o Liverpool ganhou 3 a 1, em mais uma exibição completa do campeão europeu. Jurgen Klopp continua dirigindo bem seu time, que vai encantando toda a Europa, com seu futebol mais explosivo e imponente. 

Publicidade

Em uma partida entre dois dos melhores treinadores do mundo, teve ainda a análise de um outro nome grande, atualmente afastado dos bancos. José Mourinho analisou a partida na Skysport e deixou uma provocação para Pep Guardiola, seu rival de muitos anos. 

Publicidade

Mourinho provoca Guardiola

O treinador português era bem conhecido por contestar e se irritar muito, durante as partidas, mas parece que ele não gostou de ver Guardiola perdendo um pouco a cabeça. Mourinho falou que ainda há trabalho pela frente para o VAR funcionar devidamente na Inglaterra, mas também garante que o City não pode se desculpar na arbitragem. 

José Mourinho falou que o City precisava fazer bem mais para contrariar esse futebol do Liverpool. “O City é bom demais para ficar chorando por uma semana. Eles precisam se focar no jogo, no que eles poderiam fazer melhor”, explicou o português, deixando um reparo para as desatenções do time de Guardiola, especialmente nas transições. Resta esperar pela resposta de Guardiola, mas os fãs já sentiam saudade dessas provocações de Mourinho. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade