in

Brasileirão: Renato Portaluppi não se importa em rebaixar Cruzeiro

A torcida do Cruzeiro aguarda apreensiva pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro. A rodada 37 pode ser decisiva e sacramentar o rebaixamento da equipe mineira para a segunda divisão do Brasileirão.

Publicidade

Com 36 pontos, o Cruzeiro ocupa a 17ª posição e está a dois pontos do Ceará. O alvinegro joga contra o Corinthians, na quarta-feira, em casa. Empate do Vozão somado à derrota do Cruzeiro, rebaixa o time mineiro.

O Cruzeiro joga contra o Grêmio, na quinta-feira, na Arena, em Porto Alegre. Se depender de Renato Portaluppi, a situação da equipe celeste é muito difícil.

Publicidade

Renato comenta situação do Cruzeiro

Após a vitória sobre o São Paulo, no domingo, Renato comentou o outro duelo do jogo. “O Cruzeiro tem seus objetivos, o Grêmio tem os dele. Agora, não venham me falar que o Grêmio pode rebaixar o Cruzeiro, se acontecer na quinta-feira. Não vai ser o Grêmio não. Tem que entrar na situação do clube, o que o clube fez no campeonato todo”, desabafou o treinador.

Publicidade

Renato afirmou ainda que a cobrança deve ser em cima da diretoria do Cruzeiro e garantiu que ninguém está pensando em correr mais só para rebaixar o Cruzeiro porque o adversário os eliminou da Copa do Brasil.

Publicidade

Renato jogou no Cruzeiro nos anos 1990

O treinador do Grêmio jogou no Cruzeiro em 1992 e conquistou a Supercopa da Libertadores. Segundo ele, o Tricolor vai jogar para vencer. Renato garantiu que adora o time mineiro.

“Adoro o Cruzeiro, adoro o clube, já trabalhei lá, joguei lá. Sempre fui ídolo da torcida, mas eu sou profissional. Eu sou técnico do Grêmio, Então, o próximo jogo o Grêmio vai jogar como sempre jogou, para vencer”, afirmou o treinador.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!